quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Projeto Extensão Direito e literatura: leitura de obras de autores sergipano " Os corumbas"

Projeto Extensão Direito e literatura: leitura de obras de autores sergipanos " Os corumbas" juntamente com os alunos da Escola Municipal Prof. Alcebíades Vilas Boas. Escola situada no Bairro Industrial, na capital sergipana, Aracaju. Projeto Coordenado pelas professoras Carla Eugenia Caldas Barros e Rosana Batista Pereira.

Manual de Direito Empresarial Vol IV

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Manual de Direito Empresarial Multifacetado vol. I




Este livro é uma obra de apoio didático que visa dar suporte, aos estudantes de Direito, aos Professores, de uma forma leve e didática. Trata-se de um manual que abrange além da Disciplina Empresarial, as disciplinas interligadas a empresa, como Direito Tributário, Direito da Seguridade Social, Direito Financeiro, Direito Constitucional, Contabilidade, Direito do Trabalho. Neste primeiro volume tratar-se-á da história do Direito Empresarial, além da parte do registro de empresas mercantis



domingo, 2 de dezembro de 2012

REVISTA DE PROPRIEDADE INTELECTUAL



A REVISTA DE PROPRIEDADEINTELECTUAL - DIREITO CONTEMPORÂNEO E CONSTITUIÇÃO é uma revista científica acadêmica eletrônica que nasce com o  propósito de disseminar o conhecimento nos mais diversos ramos da Ciência, proporcionando aos profissionais, professores da área jurídica de propriedade intelectual e de outras áreas do conhecimento, bem como aos acadêmicos, um espaço para publicação de artigos, monografias, resenhas e comentários de acórdãos para pesquisa e debates sobre o Direito da Propriedade Intelectual e áreas transversais e multidisciplinar. Os textos abordam aspectos críticos envolvendo tópicos na área Direito da propriedade Intelectual, Direito do Estado, Direito Constitucional, Direito da Seguridade Social, Direito do Trabalho, Direito Empresarial, Direito Internacional, Filosofia, Filosofia do Direito, Direito Criminal, Administração, Economia, Relações Internacionais, Ciências da Vida, da Terra e Exatas. Busca ser expressão do grupo de pesquisa em direito da propriedade industrial/ Visão Interdisciplinar e também buscar ser expressão para os pesquisadores de outras instituições, preferencialmente ligados a Universidade Federal de Sergipe. Tem periodicidade quadrimestral e Edições especiais.


O seu corpo editorial é composto por mestres, doutores e profissionais dedicados à área acadêmica  que compõem o corpo docente de várias instituições de ensino reconhecidas pelo MEC no Estado de Sergipe, em outros Estados brasileiros, bem como do exterior, integrado pelos cursos de Direito, Educação, Administração, Ciências Sociais, Ciências Contábeis, Economia, Relações Internacionais, e destina-se ainda,  a criar um canal de comunicação entre estes e outros pesquisadores da área científica, com participação aberta a toda a comunidade acadêmica das referidas  áreas, tanto na esfera nacional como na internacional, mostrando o seu compromisso com a contemporaneidade e velocidade de informações.

Acesse a revista aqui.

DIREITO, LITERATURA E PROPRIEDADE INTELECTUAL NA OBRA DE MACHADO DE ASSIS


O presente artigo publicado é resultado de mais um trabalho realizado pelos integrantes do projeto de pesquisa “Direito, Literatura e Propriedade Intelectual na obra de Machado de Assis”. Leia um trecho do artigo, a seguir. Texto completo encontra-se no link aqui.



DIREITO, LITERATURA E PROPRIEDADE INTELECTUAL NA OBRA DE MACHADO DE ASSIS 

Carla Eugenia Caldas Barros e Murilo Soares Tavares
Carla Eugênia é Professora da graduação e da Pós Graduação de Direito da Universidade Federal de Sergipe. Murilo é Graduando em Direito pela Universidade Federal de Sergipe. Discente bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic/CNPQ),


RESUMO


As interfaces entre direito e literatura, na seara da Propriedade Intelectual, destacam-se como um vasto campo para a realização de estudos e pesquisas científicas. Reconstruir na prática as variadas possibilidades oferecidas pelos estudos de Direito e Literatura, dando testemunhos da presença de institutos jurídicos de Propriedade Intelectual nos textos de Machado de Assis, é o objetivo deste trabalho. O interesse desta pesquisa, mais do que reduzir a leitura da obra machadiana a uma superficial compilação de aspectos jurídicos e literários, é identificar em seus escritos pontos de convergência entre esses dois saberes, descobrindo como o talento literário do autor articulou esta interface. Para tanto, analisou-se as obras machadianas publicadas no fim do século XIX, época em que o referido autor trabalhou como funcionário público encarregado de rever pedidos de patentes e expedir as respectivas cartas. Tendo por base os elementos da hermenêutica do direito da propriedade intelectual, em especial os critérios interpretativos da máxima efetividade e concordância prática de acordo com os elementos apresentados nos textos e sua inserção legal. Sempre se levou em observação os princípios zetéticos e dogmáticos das obras analisadas e os respectivos institutos jurídicos da Propriedade Intelectual. Por fim, são apresentadas as conclusões decorrentes dos resultados encontrados na pesquisa. 



segunda-feira, 3 de setembro de 2012

DIREITO E MÚSICA: Dois caminhos e um só rumo.



O artigo foi elaborado com base na obra de Mônica Sette Lopes, “Uma metáfora: a música e direito”, publicada pela LTr Editora, São Paulo, 2006.
  

O estudo da obra em que se fundamentou este artigo integra a atividade de extensão aprovado pelo PIBIX, da graduação e do mestrado em Direito da UFS, desenvolvida pela autora deste artigo, intitulada “Direito na música”, em parceria com o Núcleo de Música da UFS, coordenado pelo prof. Christian Lisboa.

A professora responsável pelo trabalho, publicado na revista do mestrado em Direito da UFS – DIKÉ,  foi Carla Eugenia Caldas Barros, docente de graduação e do mestrado em Direito da Universidade Federal de Sergipe.

PRÊMIO SESC DE LITERATURA – 2013



Revelar novos talentos e promover a literatura nacional são propósitos do Prêmio SESC de Literatura. Lançado pelo SESC em 2003, o concurso identifica escritores inéditos, cujas obras possuam qualidade literária para edição e circulação nacional. Além da divulgação das obras, o Prêmio SESC também abre uma porta do mercado editorial aos estreantes: os livros vencedores são publicados pela editora Record e distribuídos para toda a rede de bibliotecas e salas de leitura do SESC e SENAC em todo o país. Mais do que oferecer uma oportunidade a novos escritores, o Prêmio SESC de Literatura cumpre um importante papel na área de cultura, proporcionando uma renovação no panorama editorial brasileiro.


Aos autores iniciantes, que ainda não tiveram chance de mostrar ao público suas ideias e sua criação, este é o caminho. As inscrições para o Prêmio SESC de Literatura são gratuitas e aceitas em todo o Brasil. Basta procurar a unidade do SESC Centro, situada na Rua Dom José Thomaz, 235. Bairro São José. Cada concorrente pode participar com uma obra, nas categorias conto e romance. O vencedor terá seu livro publicado e distribuído pela editora Record.


Participe! Esta pode ser a chance de sua obra chegar às principais livrarias do país.


Confira as regras do concurso no edital, que pode ser encontrado no site: http://www.sesc.com.br/premiosesc/  .

As inscrições deverão ser feitas entre 1º de julho e 30 de setembro de 2012.


Qualquer dúvida, basta entrar em contato com a Biblioteca do SESC Centro através do telefone (79) 3216-2756, ou pelo e-mail: biblioteca@se.sesc.com.br.